Entenda a diferença entre Correia Dentada e Corrente de Comando.

Utilizada em muitos motores, a correia sincronizadora (ou dentada) fica protegida por uma capa, não sendo possível examiná-la fora da oficina. Sua troca ocorre pelo período de uso (em média, a cada 50.000 km, dependendo do modelo do carro).

A corrente de comando tem a mesma função da correia dentada, porém sua vida útil, seu material e seu custo para troca são diferentes. Sua troca ocorre com 100.000 km ou mais, pois é composta de aço lubrificado pelo óleo do motor. Os veículos com corrente de comando também utilizam correias para funcionamento do ar condicionado, da direção hidráulica, do alternador e de outros componentes que também merecem atenção.

A correia dentada e a corrente de comando mantêm o sincronismo entre a árvore de manivelas e o eixo comando de válvulas. Se quebrarem, podem causar sérios danos às válvulas e até aos pistões.

Informe-se no manual do proprietário do veículo sobre o intervalo de troca e siga-o rigorosamente, lembrando-se da necessidade da troca dos esticadores das correias.